terça-feira, janeiro 19, 2010

Um sistema perfeito


"Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face?" - sL 139:7


Há alguns dias meu namorado formatou meu computador, que antes tinha o Windows Vista, instalando o Windows 7. Discutimos sobre como o Windows Vista carregava muito a máquina para funcionar precariamente, e como o Windows 7 carregava menos para trabalhar melhor. Depois discutimos como a aparência do 7 lembra em muitas coisas a aparência do Mac, mas não chega nem perto do desenvolvimento deste.

Logo depois pensei na existência humana, na salvação. Quando não conhecemos a Deus, não somos salvos por Jesus, ficamos carregando peso demais inutilmente, e nossa vida é vazia, precária. Quando Jesus nos alcança com sua graça é como se todo o nosso sistema estivesse sendo formatado, com um novo sistema operacional mais bonito e eficiente. A felicidade é muito grande em cada descoberta, em cada recurso que descobrimos que temos agora que somos salvos, mas ainda parece estar faltando alguma coisa, o sistema ainda tem falhas, os vírus do pecado ainda podem nos atingir, por melhor que seja nosso antivírus para combatê-lo. Sabemos, entretanto, que chegará um dia onde tudo em nós será aperfeiçoado. Não haverá bugs ou spams para nos incomodar. O sistema será rápido e eficiente e nenhum tipo de vírus chegará perto de nós. Não teremos que passar por nenhuma atualização de software ou formatação. Não precisaremos escanear o disco em busca de erros e nem tampouco precisaremos desfragmentá-lo. Alcançaremos enfim, a perfeição e estaremos perto do nosso criador o tempo todo, para o adorar e louvar.

Pode parecer brincadeira, pode ter gente que nem goste tanto assim do Mac como eu gosto, mas a verdade é que é possível enxergar Deus em todos os detalhes de nossas vidas. Na verdade, é impossível passar um dia inteiro sem perceber algum toque de Deus nesses detalhes.

Saber do cuidado dele por nós a cada dia, em todos os momentos, saber que ele nos permite devaneios como esse meu apenas para nos lembrar que Ele está conosco nos torna mais felizes, e mais libertos também.

O meu intuito ao colocar o versículo de Salmos no início desse texto foi para reforçar exatamente esse ponto. Não há lugar para o qual possamos ir para fugirmos de Deus. Jesus, como bem disse Stott, em seu maravilhoso livro "Porque sou cristão", é o "cão de caça do céu" e não irá se aquietar enquanto não conseguir nos alcançar. Não há nenhuma parte de nós que Ele não queira para si e não há nada de tão ruim que tenhamos feito que possa fazê-lo desistir de nos querer. Ele nos ama, sem imposição de condições, sem exigências e até mesmo sem dívidas a serem pagas, porque Ele mesmo pagou o preço que era necessário na cruz para nos salvar. Ele cumpriu o perfeito amor e a perfeita justiça de Deus em um só ato com seu sacrifício. E é por isso que podemos ser felizes ainda aqui na Terra, mesmo com situações difíceis e imperfeições. E é por isso também que podemos sonhar com o céu e a eternidade, seja imaginando as coisas legais que vão ter lá, seja fazendo analogias bobas como comparar um ser humano a sistemas operacionais de computador.

*Fonte da imagem: Rua Direita

Um comentário:

Alessandro "ALEH" Andrade disse...

Gostei muito do seu texto e da comparação que você fez!

Muito bom o seu blog! Continue escrevendo, está de parabéns!
=)

Veja mais em

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...