domingo, junho 17, 2007

A loucura do ateísmo


por Davi Lago

Os ateus existem. Mas será que existe uma base para suas afirmações? Será que é realmente plausível ficar afirmando que “Deus não existe” ?

Para que uma pessoa possa, com convicção, dizer que não há Deus, ela precisa ter um conhecimento absoluto de tudo. De outro modo, como ela poderia afirmar isso? Essa pessoa precisa saber de todas as coisas, ser onisciente. No entanto, toda pessoa equilibrada mentalmente é capaz de reconhecer suas limitações, e obviamente, reconhecer que não é onisciente.

O ateu também precisaria ter visitado todo o universo para afirmar definitivamente que Deus não existe. De outro modo, como poderia afirmar isso? Além disso, é preciso que o ateu esteja em todos os lugares ao mesmo tempo. Observe: Deus poderia estar em um lugar, e quando o ateu o procurasse, Deus poderia ter se retirado para outro lugar.

Evidentemente é mais prudente, razoável e sensato para o incrédulo, simplesmente dizer: “Não sei se Deus existe ou não”. E de fato foi esta a posição de um dos meus professores. Mesmo sendo conhecido em toda a universidade como um fervoroso ateu, quando debati com ele sobre Deus, ele simplesmente me disse: “Não sei quem é Deus! Não conheço Deus!”, ao invés de afirmar categoricamente: “Deus não existe!”.

Ou a pessoa sabe que não há Deus, ou não deve dizer o que não sabe.

Portanto, não se justifica a afirmação de que Deus não existe. Isso é inadmissível. Para se afirmar isso com absoluta certeza e segurança, seria preciso que o ateu fosse onisciente e onipresente! Por outras palavras, teria de ser Deus!

Por isso a Bíblia considera o ateu como louco. “Diz o louco em seu coração: Não há Deus” (Salmo 14:1).

Nunca houve um verdadeiro ateu, alguém que seja sinceramente ateu na maior profundidade do seu ser. O que existe são pessoas críticas do sistema religioso de sua época. O que existe são homens orgulhosos, com lábios cheios de ironia, arrogância por seus conhecimentos e prepotência por seu status na sociedade. Muitos não reconhecem suas limitações e consideram uma demonstração de fraqueza crer em um Deus.

Mas Paulo afirma na carta que escreveu aos cristãos de Roma, que a declaração “Não há Deus” é um suicídio intelectual e moral. Além disso, ele também afirma que o mundo dá farto testemunho da existência de Deus:

“Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis; porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças, mas os seus pensamentos tornaram-se fúteis e o coração insensato deles obscureceu-se. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos e trocaram a glória do Deus imortal por imagens feitas segundo a semelhança do homem mortal” (Romanos 1:20-22).

A verdadeira loucura é não crer em Deus. O ateísmo não se sustenta pelo pensamento cuidadoso. Pensar nele leva a refutá-lo.

Do outro lado, a mensagem cristã é a mais plausível e sensata de todas as mensagens. Nenhuma outra filosofia, crença ou qualquer outra pregação, é capaz de preencher o intelecto como o cristianismo. E muito mais do que isso: Os cristãos não apenas pensam e falam sobre Deus, experimentam e vivenciam sua presença e seu poder!

Abra sua mente. Abandone os pré-conceitos infundados. Não tenha uma mentalidade estreita e mesquinha. Deixe de ser esnobe quer intelectual, social ou moralmente. Busque a Deus com sinceridade e humildade, e você o encontrará!

“Que te conheçam, o Único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste”. (João 17:3).

5 comentários:

Guilherme O disse...

ateus

uhAuhaaHUhua

eles me fazem rir!!

ahuahuuhauhauha

obs:o que ouve com a pontuação?

O.o

ouve a pressa q é inimiga da perfeição


auhuhahuhaHUauh

egleidson (jesus) disse...

Os ateus sao intrigantes pra mim. pq como eles podem negar a existencia de algo tao grande como Deus, mas acho q o Davia resumiu tudo, pra se afirmar q Deus não existe so sendo ele

O Blog ta doido viu
Bjos

b.m. disse...

Mas, menina, que série de argumentos bobos. Seguindo o seu raciocínio, posso provar a existência de duendes, porcos com duas cabeças e fadas do fogo.
---
Sou agnóstico, o que significa que digo que não sei se deus existe ou não; mas isso é apenas por um princípio de não afirmar coisas.
---
Posso dizer que não existe deus, no entanto.
1 - porque é mais sensato. Não é porque não vejo algo e QUERO (isso é essencial. Antes que deus exista, existe a sua vontade inegável de que ele exista) que esse algo tenha vida que vou dar vida a ele.
2 - não é por falta de conceitos morais ou de uma indicação ética que devo crer em deus. Esses princípios devem ser sustentados pelo homem, e só. Toda regra deve partir do homem, e não de suposto sacerdotes de um lei que só eles podem decifrar.
3 - porque todas as religiões, mitos e folclore compartilham os mesmos aspectos estruturais; são símiles (ou são os próprios) de casos psicológicos. Eventos que acontecem na nossa cabeça. Mensagem cifrada do subconsciente. Isso tudo baseado em pesquisa e Jung. Pode ler um livro chamado "Mitos de Criação", de uma discípula dele.
4 - porque todos os fiéis crêem no que querem, no que lhes faz bem crer, e ignoram todo e qualquer acontecimento dizendo que deus tinha um propósito superior que não podemos entender.
---
Não deve ser o bastante.

Dani Nogueira disse...

b.m.!!
fico feliz por estar de volta ao meu blog, seus comentários sempre me fazem pensar bastante e tornam minha fé ainda mais forte.
Você é agnóstico, como mesmo disse, nesse próprio post o autor (meu amigo Davi Lago) diz que é muito mais sensato afirmar que não sabe se Deus existe ou não do que simplesmente afirmar categoricamente que Ele não existe.
Bem, todos esses seres que você disse serem possíveis de existir na mesma linha de raciocínio são, na verdade, irreais, a ciência explica (exceto o porco de duas cabeças, poderia ter uma mutação, mas ele não sobreviveria por muito tempo). No entanto, a ciência não consegue provar a não existência de Deus.

1. De acordo com esse seu raciocínio seria mais sensato também dizer que o ar não existe, já que não podemos vê-lo. Nós queremos que o ar exista, então é por isso que ele existe.
2. Em nenhum momento esse post afirmou isso.Mas os conceitos morais que temos realmente foram criados por homem? Supondo que a evolução exista (meu amigo Egleidson aqui tem um post no blog dele dizendo que ela é verdadeira), como o primeiro homo sapiens aprendeu sobre moral?? Ou como a primeira sociedade de homo sapiens estipulou os conceitos morais e éticos??
3. Bem, não li o livro, portanto não posso refutá-lo, mas discordo de você, nem todas as religiões têm a mesma estrutura, por crerem em algo sobrenatural não significa que elas sejam iguais. Senão poderíamos afirmar que um homem e um morcego têm a mesma estrutura, porque ambos são mamíferos (sob um aspecto eles concordam, mas isso não indica que eles sejam iguais em todos os outros aspectos,certo?)
4. Novamente seu preconceito agindo... nem todos os que crêem o fazem cegamente como alguns. Eu nem sempre creio no que quero, na verdade às vezes preferiria crer em algo mais fácil, mas continuo crendo mesmo assim. Eu nunca justifico as coisas do mundo apenas dessa forma. O homem faz algumas coisas que geram conseqüências desastrosas. Como uma pessoa em sã consciência pode simplesmente afirmar que uma queimada ocorreu apenas por vontade superior de Deus?? Ora, não foi o homem que degradou a natureza e, indiretamente, causou uma queimada??
Abrçs pra você e até mais.
-----------------

jesus e Gui, valeu pelos comentários.
Cuidado apenas para não zombarem da fé dos outros.

Anônimo disse...

Ahnn ? O quê? Quer dizer que se alguém nega a existência de Deus deverá se tornar como ele é descrito na Bíblia? Se é que de fato ele existe. Torne-se como Maomé por negá-lo, por favor.Ou quem sabe, até como as fadinhas do dente. E que tal se voçê quiser ser Posêidon, o deus do mar grego? Percebeu que as crenças alimentadas por pessoas como voçê são irracionais? Deus é apenas mais um mito moderno, que logo irá morrer. Do mesmo jeito que ninguém pode dizer com certeza que Deus não existe, um crente não pode fazer o mesmo no sentido contrário. Quem disse que os ateus negam com provas a existência de Deus? Isso é impossível. Ninguém precisa descartar algo com provas, basta analisar racionalmente alguns absurdos e uma lufada de ar puro tomará conta de nós. Obrigado pela atenção. Não quero xingar ninguém , apenas esclarecer.

Veja mais em

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...