terça-feira, fevereiro 03, 2009

Anotações de "Ouça o espírito, ouça o mundo"


"Ouça o Espírito Ouça o mundo - como ser um cristão contemporâneo" - De John Stott.

Desde que comecei a ler esse livro, comecei a anotar as frases e trechos que mais me chamavam a atenção. São frases e trechos interessantes, mas por favor, peço que não tentem entender o livro apenas pelas frases. O que esse livro significa para mim ultrapassa em muito o que essas anotações podem significar isoladas.

Isso se tornou um hábito,e em breve posto frases e trechos de outros livros que li. Mas peço que tenham esse mesmo cuidado com todos. Leiam. São bons livros. Eu recomendo.

Onde vocês encontrarem algo citado [assim] é uma inserção minha na frase, apenas para melhor compreensão dela.

Se quiserem comprar cliquem em cima do nome, aqui no texto. Pra quem gosta de ler no computador, é só clicar aqui.

Bem, dito isto, seguem abaixo as frases:


"O púlbito não é lugar de discutir as nossas próprias opiniões, mas sim, de expor a palavra de Deus."

"Com efeito, a principal razão para a Igreja estar perdendo a sua influência no Ocidente é que a sua fé está diminuindo."

"Pelo contrário, somos chamados para preservá-lo [o evangelho dos apóstolos] como mordomos, proclamá-lo como arautos e defendê-lo como advogados."

"O primeiro passo para se resgatar a nossa integridade cristã é o humilde reconhecimento de que a nossa cultura nos cega, ensurdece e dopa."

"Não é de se admirar que quem procura a Realidade geralmente passe por nós [cristãos] sem nem perceber!"

"Todo mundo o encontra [o amor]. Ou as pessoas estão apaixonadas, ou elas estão por se apaixonar, ou tentando se livrar de um amor, ou procurando um meio de evitá-lo." (frase de Woody Allen, citada no livro)

"O amor, o amor muda tudo:
muda mãos e faces, muda terra e céu.
O amor, o amor muda tudo:
como se vive e também como se morre.
O amor faz o verão voar
ou uma noite parecer uma vida inteira.
Sim, o amor, o amor muda tudo;
hoje eu tremo ao escutar seu nome.
Nada no mundo será mais igual

O amor, o amor muda tudo:
os dias são mais longos, palavras sem sentido.
O amor, o amor muda tudo:
a dor é mais profunda do que antes já foi.
É nosso amor que faz girar o mundo
e esse mundo há de durar pra sempre.
O amor, o amor muda tudo,
traz-nos glória enos traz vergonha.
Nada no mundo será mais igual"
(música de Andrew Webber, citada no livro)

"Necessitamos mais fidelidade à Escritura e mais sensibilidade para com as pessoas. Não um sem o outro, mas ambos."

"Já que a palavra é a espada do Espírito, alguma coisa tem que estar errada quando se enfatiza um em detrimento do outro."

"(...) precisamos ficar no mundo e permanecer firmes, assim como uma rocha na correnteza da montanha, como uma rosa que desabrocha em pleno inverno e como um lírio que cresce no meio do estrume."

"Esse é o relacionamento multifacético da Igreja com o mundo: viver nele, não pertencendo a ele, odiada por ele e enviada a ele."

"Se nós nos retirarmos do mundo, a missão se fará obviamente impossível, já que perdemos contato com ele. Da mesma forma, se nos amoldarmos ao mundo, será impossível fazer missão, já que perdemos o nosso limite."

"Somente o fato de preocupar-se com as ovelhas e de se importar profundamente com o bem-estar do povo a quel ele serve é que leva um bom pastor a buscar graça e coragem para enfrentar os desvios na Igreja."

"A marca essencial da liderança cristã é a humildade, não a autoridade; serviço e não senhorio; e também a mansidão e benignidade de Cristo."

"A Igreja recebeu de Deus a responsabilidade de infiltrar-se no mundo, escutando de fato os desafios do mundo, mas também trazendo para o mundo os seus próprios desafios, compartilhando com ele as boas novas em palavra e em ação."

"Nada é mais importante para a redescoberta da missão da Igreja (onde ela se perdeu) ou para o seu desenvolvimento (onde ela está enfraquecida) do que uma visão renovada, clara e abrangente a respeito de Jesus Cristo."

"[A missão] Exige identificação sem perda de identidade."

"Estamos realmente dispostos, se necessário, a morrer com Cristo para a popularidade e a promoção, para o conforto e o sucesso, para o nosso entranhado senso de superioridade pessoal e cultural, para a nossa egoísta ambição de ser ricos, famosos e poderosos?"

"Rejeitamos, pois, tanto o ceticismo que nega os milagres, como a arrogância que os exige, tanto a timidez que se afasta da plenitude do Espírito como o triunfalismo que nega a fraqueza em que se aperfeiçoa o poder de Cristo."


P.S.: Valeu maninho, esse livro me fez enxergar a missão, que todos nós temos, com outros olhos.

Um comentário:

holy-freak disse...

Pois é e essas são apenas algumas das muitas frases desse livro que te fazem pensar, ja faz um tempo que li e minha memória não é la essas coisas, então não vou citar nenhuma outra que lembro, mas as que você citou são frases que mexeram comigo também. Algumas mais do que outras.

Stott é um dos grandes mestres da literatura cristã no mundo hoje, um autor cujos livros devem ser lidos, mas que muitas vezes são difíceis de entender, por causa da sabedoria desse homem....mas valem a pena =]

Bjao maninha

Veja mais em

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...