sexta-feira, novembro 05, 2010

Pequenos milagres


São quase 4 meses tratando a Marina*. Ela é cega, cadeirante e não fala. Não nos deixa encostar nela também, o que é muito ruim para seu desenvolvimento, já que o toque é uma das coisas mais importantes para o desenvolvimento de pessoas cegas.

De todos os desafios que encontrei na APAE ela definitivamente era o que eu achava que nunca iria superar. E olha que não eram poucos os desafios: uma linda garotinha portadora da Síndrome de Down, um garoto com uma tendência ao autismo e muita dificuldade para entender ordens, uma pequenina portadora da Síndrome de West e com hipotireoidismo, que também é cadeirante, não fala e tem muitas crises convulsivas durante as sessões e uma paciente com paralisia cerebral que não consegue se comunicar de forma satisfatória e que acaba de sair das fraldas aos 16 anos.

O trabalho com Marina se resume a trabalhar a questão da sensibilidade, tentando diminuir essa rejeição ao toque para que aceite melhor os alimentos e se comunique melhor com família e demais pessoas.

Como ela não aceitava o toque e a mãe disse que ela adora música, todas as nossas sessões sempre tinha um cd tocando ou o rádio ligado. A evolução era mínima.

Na última semana tinha colocado um cd que vi que ela gostou bastante, então coloquei de novo essa semana. Tocou a primeira música, a segunda, a terceira. Na terceira canção vi que o som emitido por Marina não era o tradicional choro enquanto eu trabalho com ela. Ela estava cantarolando a música anterior. Eu pensei estar maluca, então resolvi voltar para a música dois. E então aquilo que eu imaginava ser loucura se confirmou. Marina cantarolava, copiando perfeitamente o ritmo da música, agitando as mãos como se dançasse.

Pode não significar muito para algumas pessoas, mas a alegria estampada no rosto da mãe quando contei para ela o que aconteceu na terapia é, para mim, um milagre, pequeno para alguns, grande para Marina, para sua mãe, e para mim também.

* Nome alterado para preservar a identidade da paciente

2 comentários:

Rah disse...

Meuu Deus q lindo!!=D
pra mim os maiores milagres q Deus realiza são justament akeles tidos como menores!! nuss muito feliz pela sua paciente dani! e tb por vc q vivenciou essa experiência que não tem preço!=D

holy-freak disse...

Noosaa..maninha..mto perfeito...deve ter sido o maximo..to ate te vendo mexer as maos contando =]

Sem parecer hipocrita...não vou dizer que foi a ação direta de Deus fazendo um milagre...mas indireta..operando através da musica, da ciencia e de suas mãos..e assim fazendo esse momento acontecer.

Coisas mais perfeitas...ainda virão ^.^

Beijooos

Veja mais em

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...