quarta-feira, outubro 01, 2008

Sobre pérolas e rosas

"Não dêem o que é sagrado aos cães, nem atirem suas pérolas aos porcos; caso contrário, estes a pisarão e, aqueles, voltando-se contra vocês, os despedaçarão." - Mateus 7:6

Jesus nos ordenou ir por todo o mundo e espalhar as boas novas. Devemos falar do amor dele para todas pessoas. Não devemos nos cansar dessa missão, que é dada a todo cristão.

Muitos acreditam que o versículo acima é desculpa para desistir na primeira tentativa de se evangelizar alguém. Na verdade, o que o autor quis dizer (na minha interpretação) foi que quando anunciamos o evangelho a alguém e a pessoa compreende, mas não quer aceitar, nada que façamos vai convencê-lo disso. O que faz uma pessoa aceitar a graça de Cristo é a própria graça de Cristo, e não nossos argumentos. Seria muita pretensão pensar dessa forma.

Quando insistimos em fazê-lo, estamos "jogando pérolas aos porcos", desperdiçando nossas forças, e barateando o evangelho, o que é um erro muito grave. Devemos pensar como o personagem George MacDonald, do livro "O grande abismo", de C.S.Lewis: "Toda doença que se submeter á cura será sarada, mas não chamaremos o azul de amarelo para agradar àqueles que insistem em ter icterícia; nem faremos um monte de esterco do jardim do mundo só porque alguns não conseguem suportar o perfume das rosas".

Que não desperdicemos preciosas pérolas as jogando aos porcos, mas que façamos um belo colar para aqueles que precisam delas; que não deixemos as rosas morrerem, mas que entreguemos um buquê maravilhoso àqueles que querem sentir o perfume que elas exalam.

Fiquem com Jesus=)

2 comentários:

holy-freak disse...

Muito bom texto amiga!

Realmente esse versículo é um dos muitos Mal Usados, por alguns cristãos pra justificar coisas que estão totalmente fora, daquilo que Cristo estava dizendo na verdade.

Existem aqueles que apostatam da fé, esses são porcos que aos quais foram dadas perolas, agora existem outros nos quais a Semente custa a brotar, são terra áridas, que exigem muito trabalho, essas não são porcos,mas campos que precisam ser trabalhados com carinho e com muito Amor, e no final veremos a recompensa do nosso trabalho

Bjaao amiga, bom texto mesmo!!

Ja são 2 textos pra vcs lerem agora e fazerem um comentario decente sobre eles =]

Sim sou chato mesmo =]

Dani Nogueira disse...

Às vezes as pessoas podem confundir a aridez do solo com apostasia, e daí desistem fácil.
Se fosse assim, C.S.Lewis, Philip Yancey e companhia nunca teriam aceito a Cristo.

Ainda bem que você sabe que é chato pelo menos

Veja mais em

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...