segunda-feira, dezembro 03, 2012

O Deus do impossível


Eu, sinceramente, não entendo o intuito das pessoas que dizem, em uma situação difícil, para consolar alguém, a frase: "Deus é o Deus dos impossíveis, Ele pode tudo, tenha certeza que tudo vai melhorar". Eu até entendo que muitas pessoas fazem isso com a melhor das intenções, mas as consequências da utilização desenfreada dessa frase podem ser devastadoras.

Para começar, Deus é sim, o Deus dos impossíveis, uma vez que tudo que é impossível ao homem apenas Ele PODE realizar. Mas Ele é também o Deus dos possíveis, e vejo isso como sua principal característica. Eu gosto de saber, inclusive, que Deus é o Deus que age no meu cotidiano, que segue as complexas leis científicas que Ele mesmo criou. Que valoriza sua obra.

Não pretendo invalidar os milagres. Até porque eu acredito, assim como o mestre C.S. Lewis, que "A mente que exige um Cristianismo sem milagres é aquela que se encontra no processo de rebaixar o Cristianismo a simples 'religião'". Entretanto, não acho que milagres são coisas que acontecem aos montes, como afirmam muitos por aí. Acredito que o milagre é uma coisa extraordinária, que acontece quando realmente nada do mundo natural pode mudar a situação. 

Logo em seguida vem a clássica afirmação, "Ele pode tudo". Sim, Ele pode tudo. Não significa, entretanto, que Ele vá fazer. E isso não quer dizer que Ele é mau, ou coisa do tipo, mas que a realidade que Ele vive e enxerga é bem diferente da nossa. Pode ser que o não fazer algo seja mais importante que fazer, e por isso Ele opte por agir assim. Ou pode ser que Ele tenha outros motivos, que nós nunca saberemos. O porquê não importa, o que importa é que da mesma forma que Ele pode fazer, Ele pode não fazer também, já que estamos falando de possibilidade.

Por fim, para fechar com chave de ouro, a frase termina com "tudo vai melhorar". Essa afirmação para mim é a maior manifestação do ego humano que pode existir. Sim, porque afirmar que tudo vai melhorar é se afirmar conhecedor do futuro e de tudo que vai acontecer nele. As coisas podem melhorar? Sim. Espera-se que elas melhorem? Com certeza! Mas afirmar que elas vão melhorar é afirmar algo sobre o qual não se tem controle. 

Não estou querendo ser negativista, pessimista, ou qualquer outra palavra nesse sentido que queiram falar. Não. Apenas sei das consequências desse tipo de frase. Em momentos de profundo sofrimento costumamos nos apegar a tudo que possa nos dar esperança, e essa frase é uma delas. Mas se algo der errado, se nosso sofrimento não terminar. Se o parente com câncer acabar morrendo no final, ou o casamento seja mesmo destruído, ou a demissão ocorra, enfim, se der tudo errado, existe a grande possibilidade da pessoa que ouviu a frase nem lembrar quem a disse, mas com certeza se lembrará da promessa que supostamente Deus fez. 

Acredito num Deus de impossíveis e de possíveis. Acredito num Deus que pode fazer ou não fazer o que quero. Acredito que as coisas podem melhorar, ou não. Acredito num Deus de graça. E sei que sua graça se manifesta de diferentes maneiras, não apenas nos dando o que queremos. Isso seria baratear e comercializar a graça. A graça pode se manifestar na força que temos em seguir a vida, mesmo após situações difíceis. Ela pode se manifestar em um livramento, revestido de resposta aparentemente negativa. Ela pode se manifestar de várias formas, inclusive nos dando o que queremos.

Não devemos, portanto, nos apegar a resultados, mas nossa verdadeira esperança deve residir na graça de Deus, que sempre irá se manifestar. Nossa verdadeira alegria deve vir de saber que nós não a merecemos de forma alguma, mas Ele sempre nos agraciará com ela. 

Um comentário:

Egleidson Frederik disse...

A Pior coisa do mundo, é escutar essa promessa vazia de significado e saber que em momentos de sofrimento...ela se mostra falsa muitas vezes!

Tudo vai melhorar...mas o tudo..é quando estivermos em um novo céu e uma nova terra...até prevejo muito sofrimento no caminho>

Otimo texto maninha

bjoos

Veja mais em

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...