quarta-feira, agosto 05, 2009

Perdi o medo de pensar


"Abre os meus olhos para que eu veja as maravilhas da tua lei" - Sl 119:18

Não, eu na verdade não tinha medo de pensar, mas não consegui achar um título mais apropriado. Recentemente acabei de ler o livro "A linguagem de Deus - um cientista apresenta evidências de que Ele existe". Esse livro foi escrito pelo doutor Francis S. Collins, diretor durante muito tempo do projeto Genoma Humano. Meu amigo/irmão mais velho comprou esse livro e me emprestou. Ele disse que ia me convencer de que a evolução é verdadeira, e eu, obviamente disse que isso era impossível. Não porque queria ficar com a ideia do criacionismo presa na cabeça, mas porque não achava o evolucionismo lógico, e não havia argumento nenhum que me convencesse do contrário.

Como de costume, meu amigo venceu. Mas não acredito simplesmente ser uma vitória dele, acredito que seja uma vitória pessoal minha. Eu agora acredito no BioLogos. E me sinto livre para pensar. Apesar de há muito tempo já ter como estilo de vida um cristianismo racional, hoje vejo que minha mente ainda estava embotada por muito tradicionalismo cristão. Tradicionalismo humano, pecador.

Com essa posição sei que 90% dos cristãos vão ficar contra mim. Não poucos vão me taxar de herege. Mas não tenho medo. Se antes tinha a certeza plena de que ciência e religião podem andar juntas, hoje posso enxergar com clareza que elas não só andam juntas, mas foram criadas juntas e Deus deseja que eu valorize as duas coisas. Ele me criou um ser pensante, por meio de um complexo e lógico - agora posso dizer - processo evolutivo. Ele fez o mundo natural, com suas regras naturais, e raramente usa algo sobrenatural para me dizer alguma coisa.

Quem me conhece há mais tempo vai ver que nenhuma das afirmações acima, exceto a de que agora acredito no BioLogos, é diferente do que eu já falava. Mas hoje eu as entendo muito melhor, elas parecem mais reais ainda agora. Me sinto não apenas mais sintonizada com a ciência, mas também me sinto mais cristã.

Como o salmista pediu que os olhos dele fossem abertos, os meus próprios olhos foram abertos. Hoje posso ver as maravilhas da lei de Deus, da Bíblia, do cristianismo. Ainda não tenho todas as respostas, estou longe de ter, na verdade, sei que nessa vida nunca vou ter todas as respostas, porque sempre surgirão novas perguntas. O fato é que agora, mais do que nunca, minha mente está livre.

Francis S. Collins pode até não saber, mas ele foi instrumento de Deus para salvar minha mente para que a real verdade sobre Cristo reinasse em minha vida

O blog tende a melhorar daqui para frente, não por meu mérito, nem mesmo pelo livro ou pelo doutor Collins, mas pela graça de Cristo que se manifestou em mais uma diferente forma para mim. Deus continua me surpreendendo.

Muito obrigada Senhor, eu estou longe de chegar à perfeição, mas me tornei uma cristã melhor depois desse livro.

2 comentários:

Beatriz Menezes disse...

A não perdi mais uma hahahaha
Brincadeirinha Dani, fico feliz por cada dia mais ver em você um caráter cristão mais amadurecido, crescente.
Meu coração se alegra demais. Amo você filhotinho pra sempre e que agora tô mais pertinho.
Graças a Deeus!

beijodepracinha disse...

eu faco parte dos 10% que estao com voce nisso, esteja certa! Dificil e achar cristaos pensantes no Brasil. As pessoas geralmente tem preguica de pensar. Melhor seguir a cartilha pronta do pastor.Bjinhos!

Veja mais em

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...