sexta-feira, julho 28, 2006

O verdadeiro super-herói

Olha só!Acabei de ver super-homem no cinema e já ia comentar a incrível semelhança dele com Jesus Cristo,mas então achei algo muito interessante no site da minha mocidade e resolvi postar:
Em virtude da estréia do Filme Superman - O Retorno resolvemos postar novamente esta matéria que já foi veiculada aqui no site.
Para quem for ver o filme fiquem atentos nas semelhanças com a história de Jesus.


Um ser com estranhos poderes vem diretamente do céu, enviado à Terra como um bebê. Ele embraça o destino de toda a humanidade, vivenciando tudo o que um homem normal vive. Então ele cresce e possui a missão de salvar todos os seres humanos dos vários perigos que possam enfrentar.
Isto soa familiar?

Esta é uma pequena descrição para o mito do Super-Homem que tanto conhecemos. Mas se pensarmos bem, o que isso tem a ver com Jesus Cristo? Bem, eu diria que a relação não é o que Jesus Cristo tem a ver com o Super-Homem, mas exatamente o contrário: Super-Homem é que foi inspirado no ÚNICO Super-Herói da história.
Jerry Siegel e Joe Shuster, ambos judeus, criaram o Super-Homem no final da década de 30 como um típico herói judeu. Exatamente nessa época os judeus já começavam a sofrer perseguição de Hitler. O “S” no peito do herói era uma homenagem aos próprios criadores relativamente aos seus últimos nomes (Siegel e Shuster). Uma curiosidade é que Jerry Siegel está na lista dos 100 judeus mais influentes de todos os tempos, assim como Moisés e Steven Spielberg.
O primeiro filme de 1978 foi um estouro de sucesso, à época rendeu US$ 80 milhões de dólares, um fenômeno para aquele tempo. Seu diretor, Richard Donner, havia terminado em 1976 de dirigir um filme de nome “The Omen” que tratava sobre o Anticristo. O filme trata basicamente de recontar a história de vida de Jesus, o último Super-Judeu.
Quando o filme chegou aos cinemas da China Comunista, em 1985, um jornal tratou de nomear Super-Homem como “um bravo herói de força incomparável que claramente distingue entre amor e ódio”. Esta afirmação soa bastante cristã.
A história começa no planeta Krypton, nos céus, onde Jor-El está condenando três vilões, após julgamento e expulsão. Analogamente, esses vilões seriam o dragão, a besta e o falso profeta (Apocalipse 16:13). Podemos conferir a similaridade com a expulsão de Satanás do Céu em Lucas 10:18.
A Santa Trindade também é representada por Jor-El (pai), Lara e Kal-El. Interessante também notar que a expressão hebréia para Deus é EL e tanto Super-Homem e seu pai possuem EL em seus nomes. Nas histórias em quadrinhos Kal-El representa, no sentido kryptoniano, “Criança das Estrelas”, o que pode nos remeter à semelhança da Estrela de Natal que levou os três Reis Magos a encontrar o bebê Jesus. Assim, o nascimento de Cristo foi anunciado por uma estrela, assim como o Super-Homem, que foi enviado à Terra em uma nave com uma aspecto bastante similar ao de uma estrela.
Antes de enviar seu filho à Terra, Jor-El o abençoa e diz algumas palavras que soam bastante bíblicas: “Nós nunca vamos deixá-lo... Tudo o que tenho pertence a você, meu filho... Estarei sempre com você todos os dias de sua vida...”.
Super-Homem, como Cristo, possui características divinas e humanas. Ele é “Deus conosco” (Mateus 1:23). Ambos possuem famílias humanas e uma origem celestial.
O começo do ministério de Jesus teve lugar no deserto (Marcos 1:12,13). Foi o início de sua jornada. Clark Kent, ao deixar sua fazenda passou pela sua Fortaleza da Solidão. Após essa experiência de “solidão”, assim como Jesus, Super-Homem começou a realizar milagres sobre-humanos.
O vôo do Super-Homem com Lois Lane também pode ser comparado à experiência de Pedro ao caminhar sobre o mar (Mateus 14:28,29). O fato engraçado é que Pedro duvidou e começou a afundar, assim como Lois que escorregou das mãos do Super-Homem e caiu, por um certo tempo, até ser salva pelo herói.
O inimigo do Super-Homem é Lex Luthor, que vive no subsolo, relativamente a Satanás. Em determinada cena do filme, Luthor apresenta ao Super-Homem um reinado mundial, situação bastante similar à tentação de Cristo (Mateus 4:8-10).
Após a crucificação e morte de Jesus, muitos crêem que Jesus foi ao inferno. Super-Homem após libertar-se da kryptonita foi ao fundo da terra, tentando evitar a destruição que um míssil poderia causar. O que aconteceu foi que a explosão do míssil resultou em um grande terremoto, assim como no momento da morte de Cristo (Mateus 27:54). A Bíblia também relata a ressurreição de vários mortos, assim como Super-Homem faz com Lois Lane, após ele alterar o tempo. Note a similaridade com Jesus que marcou a humanidade com “Antes de Cristo” e “Depois de Cristo”. Finalmente Super-Homem acaba levando à prisão Lex Luthor e seus comparsas, assim como a Bíblia menciona em Colossenses 2:15: “E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo”, o que Cristo realizou.

O que pretendi revelar aqui não foi ressaltar o Super-Homem, história que aliás gosto muito, mas sim ressaltar que só existe um verdadeiro Super-Herói que foi, é e sempre será Jesus Cristo, nosso Salvador e Senhor. Super-Homem é tido como o maior herói dos quadrinhos, mas até ele teve suas idéias originárias de Jesus Cristo.
Jesus Cristo é verdadeiro, real e possui todos os Super-Poderes necessários para te salvar de todas as enrascadas do dia-a-dia.
Você só precisa pedir ajuda a Ele que virá sem demora. Ele te resgatará de qualquer situação, por pior que possa parecer aos seus olhos, mas nunca se esqueça que Ele é SOBRENATURAL, pode realizar qualquer coisa.

Ele não é Super-Poderoso, mas sim TODO-PODEROSO.
Com Jesus nós vamos para o ALTO E AVANTE!!!

Extraído e adaptado de www.hollywoodjesus.com
Postado em 26/7/2006 por Fabrício Salum

3 comentários:

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Keep up the good work. thnx!
»

Anônimo disse...

Great site lots of usefull infomation here.
»

Veja mais em

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...