quinta-feira, junho 26, 2008

Sabendo a razão da nossa fé

"Estejam sempre prontos para responder a qualquer pessoa que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês" - I Pe 3:15b

Esse é um versículo relativamente conhecido da Bíblia, que nos fala de sabermos explicar a nossa fé. Não simplesmente crer, sem pensar. Isso é muito importante para todos nós cristãos. Algo fundamental para nossa fé.

Entretanto, como todo versículo fora de contexto, este também pode causar algumas confusões. Podemos responder a razão da nossa fé com a mesma agressividade com que alguns vem nos abordar. Sabe-se que o movimento evangélico hoje passa por crises, e que, portanto, algumas críticas deveriam ser aceitas por nós e convertidas em mudanças, mas não é esse o ponto que quero abordar nessa postagem. Vamos ver esse versículo completo, e em contexto com o versículo 16:

"Antes, santifiquem Cristo como Senhor em seu coração. Estejam sempre prontos para responder a qualquer pessoa que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês. Contudo, façam isso com mansidão e respeito, conservando boa consciência, de forma que os que falam maldosamente contra o bom procedimento de vocês, porque estão em Cristo, fiquem envergonhados de suas calúnias" - I Pe 3:15,16

Com esse trecho completo, podemos entender de forma mais ampla o seu significado. Para começar, o trecho fala de primeiro santificar Cristo como Senhor em nossos corações. Antes de buscar argumentos para responder ao orgulho ferido, às duras críticas de qualquer pessoa ao cristianismo, devemos nós mesmos santificar Jesus em nossos corações, ou seja, devemos acreditar que Ele é o único Senhor, que Ele é nosso salvador. Antes de tudo, Ele deve ser mais que tudo nas nossas vidas.

A seguir vem o texto que a maioria de nós conhecemos. Devemos saber responder quando nos pedirem a razão da nossa fé. Vejam que a palavra utilizada é razão, o que nos leva a estudar e saber os preceitos básicos da nossa fé. Sabemos de onde o cristianismo surgiu? Porque Jesus teve que morrer? Deus deixou de ser justo quando entregou Jesus, inocente, para morrer pelos pecados de todos nós, pecadores? Deus deixa de ser amável quando diz que o juízo virá? Entre outras tantas questões, sabemos responder a essas simples perguntas?

Mas logo depois, vem algo muito pouco falado, mas que está em seqüência no texto: "Contudo, façam isso com mansidão e respeito, conservando boa consciência, de forma que os que falam maldosamente contra o bom procedimento de vocês, porque estão em Cristo, fiquem envergonhados de suas calúnias".

Muitas vezes nos sentimos ofendidos pelas questões que as pessoas nos fazem, e as respondemos com agressividade. Ou se elas vem com agressividade criticar algo, nós rebatemos com a mesma moeda. Mas não é isso que a Bíblia nos orienta a fazer. Jesus mesmo disse, que se alguém nos ferir na face direita, devemos oferecer também a outra. Porque aqui seria diferente? Nós devemos responder com calma,com respeito e com os argumentos que nós temos e, se não soubermos a resposta, devemos humildemente reconhecer essa falta de conhecimento, e nos propormos a buscar a informação questionada. Fazendo isso, nossa consciência fica limpa, e nós seguimos a vontade de Deus para nossas vidas. Quem sabe se a pessoa que nos fez a pergunta enxergue o cristianismo com essa nossa simples atitude?

Eu me proponho a tentar.

Fiquem com Jesus=)

2 comentários:

holy-freak disse...

Nada a acrescentar no seu texto Dani. Perfeito...concordo plenamente com o q vc disse =]

Bjos

Dani Nogueira disse...

^^

Veja mais em

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...